HELL OF A NIGHT

Foi na primavera de 2000. 16 anos de idade, morava em Nova Yorque e estava com minha namorada na época. Tinha um grande parque de diversões num ponto afastado da cidade. 

Mais de dez horas da noite, as cercas eram do tipo arame farpado, então após cruzarmos os trailers dos funcionários, facilmente conseguimos chegar ao tal parque. 


A ideia parecia maravilhosa. Dois jovens estúpidos sem ter o que fazer e invadindo um parque de diversões gigante.

Tinha tudo que é tipo de brinquedo, desde esses de tiro a curta distância até essas montanhas-russas que alcançam o rabo do céu. 

É claro que não conseguimos ligar os brinquedos. O parque poderia ser de fácil acesso, mas a estrutura e o funcionamento em si estavam longe de ser questionados.  
Ainda, era possível explorar o local e sozinhos.

Após transarmos que nem coelhos dentro do pula pula, o espírito fodelão do sexo foi embora e o aventureiro bateu. Decidimos escalar uma montanha-russa e acredite - pareceu a ideia mais incrível e chutadora de cus do mundo. E então lá estávamos nós subindo nas barras.

Chegamos a vinte metros de altura. O ar estava incrível. A visão era uma beleza - mesmo com a escuridão. Então minha namorada deslizou sobre uma das colunas e deitou sobre os trilhos de uma pequena colina. Eu fiz o mesmo.
Não levou trinta segundos e houve aquela explosão azulada no céu. 

Ficamos em silêncio repentinamente, nossas mãos se encontraram. Ela respirou fundo e começou a dizer: "É um cometa atravessando..."

E então nos atingiu aquela onda de deslocamento de ar quente que praticamente arrancou os nossos espíritos das órbitas. Nós gritamos, nos agarramos e grudamos nos trilhos enquanto a onda nos lavava. 

Minha mente girava. Quando é que um cometa gera deslocamento de ar a tal distância? Como é que não tínhamos caído? 

E então ela apontou. Dezenas de detritos caíam. Nós nos agarramos mais uma vez enquanto a chuva do inferno descia. Destroços de sejam caralhos o que fossem passavam a metros de distância de nós como estrelas cadentes raivosas, deixando no ar um urro feroz de como quando alguém é passado para trás. 

Um destroço grande atingiu o trilho - que rachou e balançou. Demorou um tempo para recuperarmos o equilíbrio, então, incrédulos, nossos olhares se cruzaram mais uma vez naquela noite e nós dois sabíamos o que significava: "ninguém mais ficaria ali por um segundo sequer".

Escalamos as barras de volta ao chão. Eu estava tremendo tanto que ao pisar na terra, perdi o equilíbrio. Então ela me levantou e correndo, juntos cruzamos o parque no meio do que aparentava ser uma chuva de pedras. 

Não fomos atingidos. A chuva parou. Lancei um último olhar ao "Devil's Flight", descobrindo o nome do brinquedo finalmente quando já estava longe dele. Atravessamos a cerca e, mesmo que deixando o perímetro do parque, pareceu que nunca iríamos correr, que nunca ficaríamos longe o suficiente.



Conseguimos. Mais tarde naquela noite descobri que a explosão tinha sido na verdade um desastre de avião durante a decolagem. E que a chuva de pedras era a fuselagem da aeronave. E também, uma pequena parcela daquela chuva era carne humana. 

E foi assim que eu presenciei o desastre do voo 180. 
Faz cinco anos. Mudei de estado. Mudei de namorada. Ainda, ao saber que o mesmíssimo parque se mudou para minha cidade atual, não consigo sequer deixar de lembrar os detalhes daquela noite. 

Minha namorada atual me convidou para ir com ela. Ela está se formando. Estou prestes a buscá-la e aposto que ela está maravilhosa. Sinto como que se estivesse prestes a explodir. A descobrir algo grande. Mas são só os sentimentos daquela noite voltando. 

Seco a testa. Suspiro e me levanto. Tiro tudo isso da minha cabeça e penso apenas na minha garota. 

Eu só sei que será uma noite do caralho.



Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Alex, que de alguma forma viveu, e se mudou para McKinley? Ou uma fanfic?

    ResponderExcluir
  2. pra que tanto palavroes?palavroes nao levam a nada.

    ResponderExcluir
  3. Leam isso sobrenatural.org/noticia/detalhar/26238/premoniÇao___8_casos_semelhantes_ao_filme/

    ResponderExcluir
  4. Olha isso: será "quente"?
    "Premonição 6 confirmado para 2014".
    http://filmow.com/premonicao-6-t60016/

    ResponderExcluir

REST IN PIECES

Fique por dentro das novidades da franquia Final Destination! RIPB é a maior fonte brasileira de informações sobre os filmes, contando com um acervo de personagens, curiosidades, detalhes de making-of, sinais de mortes, tradução de livros, fotos exclusivas, roteiros, erros, músicas, atores e muito mais.
Aprovado por Jeffrey Reddick!

SOBREVIVENTES

Vinicius Camargo: Administrador, Tradutor, Editor, Criador de Conteúdo, Galerias, Roteiros.

Otávio Azevedo: Editor, Criador de Conteúdo, Downloads, Vídeos, Edições.

Rafael Araújo: Criador de Conteúdo.

Andrew Bianchinne: Editor, Criador de Conteúdo, Designer e HTML.

INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL!

Tecnologia do Blogger.

ESTAMOS NO FACEBOOK

LEITURA ONLINE

PARCEIROS

MAPA DO SITE

- FILMES:

PERSONAGENS:


POR TRÁS DAS CÂMERAS:

PERSONAGENS:






POR TRÁS DAS CÂMERAS:
Devil's Flight 

Roteiro/Script (em breve)


Conexões

DOCUMENTÁRIOS:

ORIGINAIS:

TÍTULOS:

LEITURA ONLINE:
Spring Break #2
Spring Break #3 (Em Breve)

Spring Break #4 (Em Breve)

Spring Break #5 (Em Breve)

CONTEÚDO EXCLUSIVO